Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Plenário do SEF não está a afetar voos no aeroporto de Lisboa

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 20 mar (Lusa) -- O plenário dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) para analisar os problemas no setor não está a afetar os voos no aeroporto de Lisboa, adiantou à agência Lusa uma fonte da ANA -- Aeroportos de Portugal.

"Os voos não estão a ser afetados pelo plenário. As companhias aéreas conseguiram reorganizar as coisas colocando alguns voos a chegar mais cedo e outros a chegar mais tarde", adiantou à agência Lusa o porta-voz da ANA, Rui Oliveira.

No domingo a ANA - Aeroportos de Portugal tinha dado conta de que estranhava a hora escolhida para a realização do plenário dos inspetores do SEF, hoje entre as 06:00 e as 08:00, porque coincidia com o período em que eram mais necessários, e antecipava atrasos significativos no aeroporto de Lisboa.

Fonte oficial da ANA justificava com o facto de naquele horário chegarem e partirem a maior parte dos voos internacionais com passageiros que precisam de controlo de passaporte na fronteira, os chamados voos 'não Schengen'".

Hoje em declarações à Lusa, o porta-voz da ANA garantiu que os voos não estão a ser afetados, nem foram registados quaisquer atrasos.

No domingo, o presidente do sindicato que representa os inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Acácio Pereira, confirmou à Lusa a realização do plenário a partir das 06:00 no aeroporto de Lisboa, justificando o horário com a mudança do turno da madrugada para o da manhã.

Durante o plenário, os inspetores vão analisar a situação no setor, nomeadamente a falta de meios do SEF no aeroporto de Lisboa.

O sindicato que representa os inspetores do SEF realiza hoje uma reunião com a ministra da Administração Interna para discutir a falta de pessoal e de meios naquele serviço de segurança.

A reunião foi pedida pelo Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SCIF/SEF), que há muito alerta para a falta de inspetores no SEF.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras tem atualmente 750 inspetores.

DD (DN/CMP) // SB

Lusa/fim

+ notícias: País

Ministério Público abre segundo inquérito a morte em acidente de viação em Pedrogão Grande

O Ministério Público instaurou um inquérito para investigar as circunstâncias da morte de mais uma vítima, além das 64 já assumidas oficialmente, do incêndio de Pedrogão Grande.

Proteção Civil desconhece outras vítimas fora da lista das 64 de acordo com os critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) disse hoje desconhecer a existência de qualquer vítima, além das 64 confirmadas pelas autoridades, que encaixe nos critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro.

Dois fogos em Castelo Branco mobilizavam às 06:30 quase mil operacionais

Dois incêndios no distrito de Castelo Branco mobilizavam às 06:30 quase mil operacionais e obrigaram ao corte de várias estradas, segundo informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANP).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS