Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Voto a decorrer com transparência e tranquilidade nas eleições presidenciais em Timor-Leste

| Mundo
Porto Canal com Lusa

As primeiras horas de votação nas eleições presidenciais em Timor-Leste estão a decorrer com transparência, tranquilidade e sem problemas, de acordo com uma primeira avaliação da missão de observação da União Europeia no país.

"Durante a votação seguiram-se os procedimentos de transparência, as pessoas votaram tranquilamente e em geral todo o processo transcorreu e está a transcorrer bem", afirmou aos jornalistas a eurodeputada basca Izaskun Bilbao Barandica, que lidera os observadores europeus.

"Nos centros urbanos maiores, especialmente em Díli, os membros das mesas demoraram algum tempo a consultar os nomes dos eleitores nos cadernos e há algumas filas", acrescentou.

A eurodeputada falava aos jornalistas na escola básica 9 de Vila Verde, onde deu conta das primeiras impressões recolhidas pelas várias equipas que a UE tem destacadas por Timor-Leste.

"Garantiu-se o sigilo de votação e as pessoas votaram sem qualquer impedimento. A avaliação geral é muito boa da forma como está a decorrer todo o processo", frisou.

No terreno estão 15 equipas compostas por 35 pessoas que estão a acompanhar a votação em 10 dos 13 municípios timorenses. Entre os sete eurodeputados no terreno estão as portuguesas Ana Gomes e Marisa Matias.

Estes observadores, a que se junta ainda uma equipa de sete especialistas eleitorais, fazem parte da missão oficial de observação da UE, liderada por Izaskun Bilbao Barandica.

"Queria felicitar o povo de Timor-Leste pela forma pacífica e tranquila como estão a decorrer as eleições de hoje. A abertura das mesas esteve com todos os materiais, de forma pontual e cumprindo todos os procedimentos", afirmou Bilbao Barandica.

"Foi um procedimento transparente porque tanto observadores como fiscais puderam exercer a sua tarefa sem qualquer impedimento", sublinhou.

A eurodeputada saudou o facto de se terem cumprido os critérios de igualdade de género, "com 50% de homens e 50% de mulheres na composição das mesas de voto".

Mais de 740 mil eleitores registados escolhem hoje o próximo Presidente do país entre oito candidatos.

As urnas encerram às 15:00 locais (06:00 em Lisboa).

+ notícias: Mundo

Pelo menos 23 mortos em ataque contra autocarro de cristãos coptas no Egito

Pelo menos 23 pessoas morreram e 25 ficaram feridas hoje no Egito num ataque de homens armados a um autocarro que transportava cristãos coptas, informou o porta-voz do Ministério da Saúde, Khaled Mujahid.

Ex-primeiro-ministro grego Lucas Papademos ferido em explosão de engenho

O antigo primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, ficou hoje ferido com gravidade após a explosão de uma carta armadilhada no interior do seu carro, que circulava no centro de Atenas, segundo autoridades locais.

Presidente do Brasil revoga decreto que autorizava uso de militares nas ruas de Brasília

O Presidente do Brasil, Michel Temer, revogou hoje um decreto que autorizava o uso de tropas das Forças Armadas em Brasília.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS