Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

PSD devia ter apoiado candidatura de Rui Moreira no Porto

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 19 mar (Lusa) -- O líder do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, admite ter dificuldade em compreender porque razão o partido não se "antecipou" ao PS e apoiou a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto, um autarca que tem feito "um bom trabalho".

Em entrevista à Antena 1 e ao Jornal de Negócios, Miguel Albuquerque considera que os sociais-democratas deviam "ter apoiado o atual presidente" da Câmara Municipal do Porto, o independente Rui Moreira.

"Não percebo, sendo o atual presidente de centro direita, porque é que o PSD não o apoiou, devia-se ter antecipado ao PS", refere o líder do PSD/Madeira, que é também presidente do Governo Regional da Madeira.

Sublinhando que Rui Moreira "tem feito um bom trabalho" e é uma pessoa "reconhecida" no Porto, Miguel Albuquerque insiste que seria "um bom candidato para o PSD apoiar".

"Não tem nada de esquerda", frisa.

O PSD já anunciou que o candidato do partido à Câmara do Porto é Álvaro Almeida. O independente Rui Moreira tem já o apoio do PS e do CDS-PP.

Ainda relativamente às eleições autárquicas que deverão realizar-se no outono, Miguel Albuquerque defende que o partido também já devia ter anunciado o candidato à Câmara de Lisboa.

O candidato à autarquia da capital só será apresentado hoje ao final da tarde, no final de uma reunião da distrital do PSD de Lisboa, onde deverá ser aprovado o nome de Teresa Leal Coelho.

Quanto à autarquia do Funchal, onde os sociais-democratas também ainda não têm candidato, Miguel Albuquerque garante que "terça-feira está tudo fechado".

VAM //ISG

Lusa/fim

+ notícias: Política

Diploma que alarga âmbito do fundo salarial dos pescadores entra sábado em vigor

O diploma que alarga o âmbito do Fundo de Compensação Salarial dos Profissionais da Pesca, nomeadamente assegurando o pagamento das contribuições para a Segurança Social durante o período de apoio, entra no sábado em vigor.

Manuel Heitor diz que Portugal tem que se transformar num centro de emprego qualificado

O Ministro da Ciência e Ensino Superior defendeu esta quinta-feira, em Braga, que Portugal tem de se transformar num centro de emprego qualificado. Para isso, Manuel Heitor diz que é preciso as empresas e as universidades criarem arranjos colaborativos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS