Acordar Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Dia nacional do motociclista deverá levar trinta mil a Viana em 2014

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Viana do Castelo, 25 nov (Lusa) - As comemorações do dia nacional do motociclista vão realizar-se no próximo ano em Viana do Castelo, cidade que espera receber mais de 30.000 pessoas para as iniciativas que assinalam a data, informou hoje a autarquia.

As comemorações, que se realizam em Portugal desde 1997, decorrem em 2014 durante o fim de semana de 27 de abril, prevendo iniciativas ao ar livre, devido à habitual dimensão da participação, com motociclistas de todo o país.

A organização das cerimónias de 2014 envolve a Câmara de Viana do Castelo e a Federação de Motociclismo de Portugal, tendo o apoio local do Moto Clube Foz do Lima. São esperadas, nesse fim de semana, mais de 30.000 motociclistas, indicou fonte municipal.

"É por isso uma grande mais-valia em termos económicos para a restauração e hotelaria locais", enfatizou a mesma fonte.

As comemorações solenes decorrem no dia 27 de abril e envolvem uma missa a realizar pelo bispo da diocese de Viana do Castelo. Nos dias e noites anteriores decorrem as restantes atividades de animação e entretenimento dos motociclistas, centradas no renovado Campo d'Agonia, naquela cidade.

PYJ // JGJ

Lusa/fim

twitter facebook Google plus Whatsapp imprimir

+ notícias: Norte

Autarca de Mirandela vai parar transportes no Tua por falta de financiamento

O presidente da Câmara de Mirandela, António Branco, anunciou hoje que, a partir de sábado, vai parar os transportes alternativos ao comboio na Linha do Tua, entre Mirandela e o Tua, por falta de financiamento do Governo.

Buscas em empresas de Paços de Ferreira e Paredes fazem dez detidos por fraude fiscal

A Polícia Judiciária do Porto deteve 10 empresários na região de Paredes e Paços de Ferreira por crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais nesta quarta-feira, avança a PJ em comunicado.

Em Famalicão existem quatro empresários que criaram emprego do desemprego

Quatro empresários improváveis fizeram do desemprego uma oportunidade. Pediram o pagamento antecipado das prestações de subsídio de desemprego e abriram, em Famalicão, uma empresa de lavagem de gangas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS