Info

PS critica manifestantes mas culpa Governo pela situação "dramática" das forças de segurança

| Política
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 22 nov (Lusa) - O PS critica a atuação dos manifestantes das forças de segurança na quinta-feira, no parlamento, mas compreende a situação "dramática" dos agentes e acusa o Governo de insensibilidade face à especificidade das forças policiais.

Esta posição foi transmitida à agência Lusa pelo secretário nacional do PS António Galamba, depois de confrontado com o facto de na quinta-feira à noite manifestantes de forças de segurança terem rompido o cordão policial e invadido a escadaria da Assembleia da República.

"O PS compreende as razões da manifestação dos agentes das forças de segurança e compreende a situação dramática de muitos dos agentes. O PS tem também a clara noção de que a operacionalidade das forças de segurança está em risco e que a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2014 só agravará mais a situação", declarou António Galamba.

Neste contexto, António Galamba acusou o Governo "de revelar uma total insensibilidade face à especificidade da missão das forças de segurança", mas demarcou-se da atuação dos manifestantes que se concentraram junto ao parlamento.

"Num Estado de Direito democrático não nos parece aceitável que cidadãos com responsabilidades acrescidas possam ter um comportamento sem enquadramento legal - um comportamento que não admitem a outros cidadãos quando estão no exercício das suas funções", frisou o membro do Secretariado Nacional do PS.

PMF // SMA

Lusa/fim

+ notícias: Política

Marcelo Rebelo de Sousa defende "precipitações" com Regionalização só beneficiama "antirregionalistas"

O presidente da República voltou esta sexta-feira a defender que a Regionalização pode ser perigosa por se colocar o 'carro à frente dos bois'. Foram palavras do chefe de Estado neste segundo dia de agenda oficial pelo Grande Porto, à margem da cerimónia de encerramento da reunião de Academias Nacionais de Medicina de Portugal e do Brasil, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Marcelo destacou que acelerar o processo aumenta os riscos de erro e só favorece os "antirregionalistas".

Miguel Pinto Luz acredita ser uma força de rejuvenescimento do PSD

Miguel Pinto Luz, candidato à liderança do PSD, considerou que no debate ficou claro que é ele quem representa rejuvenescimento no partido.

Presidente da República apela a instituições que sigam o exemplo do Leixões e acolham sem-abrigo

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje que se outras instituições seguissem o exemplo do Leixões SC que integrou dois sem-abrigo, abria-se caminho à resolução de muitos problemas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Atitudo - Artes Marciais &...

Nota Alta

"A cidade do Porto está com um...

N'Agenda

"Gosto de estar a par do rap que...