Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

CGD: PS recusará comissão que desrespeite Constituição e lei

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 17 fev (Lusa) -- O PS avisou hoje PSD e CDS que pode recusar a criação de uma comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) que não respeite a Constituição, a lei e os regulamentos do parlamento.

A posição foi expressa por Carlos César, líder parlamentar do PS, no parlamento, confrontado pelos jornalistas com uma segunda comissão de inquérito, hoje anunciada pelo PSD e CDS, sobre o envolvimento do ministro das Finanças na polémica da Caixa, com a eventual divulgação de mensagens entre Mário Centeno e o ex-presidente da CGD António Domingues.

Questionado por duas vezes sobre se o PS aceitaria a divulgação das sms (mensagens de telemóvel) numa eventual nova comissão de inquérito, depois de, com o PCP e o Bloco, ter recusado essa hipótese na comissão ainda em funções, César deu a mesma resposta.

"O que for proposto no sentido do apuramento da verdade ou de qualquer circunstância que respeite a lei e a Constituição é aceite por nós. Aquilo que conflituar com a Constituição, a lei e os regulamentos da Assembleia não será aceite", disse.

NS (ZO/JPS) // JPS

Lusa/fim

+ notícias: Política

António Costa espera que "renovação de votos" se traduza em "respostas concretas"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou este sábado ter "muito esperança e confiança" em que a "renovação de votos" feita esta manhã pelos líderes da União Europeia em Roma, por ocasião dos 60 anos do projeto europeu, se traduza em "respostas concretas".

Mesa Nacional do BE reúne-se no domingo com Europa como tema central

A Mesa Nacional do BE, órgão máximo entre convenções do partido, reúne-se no domingo com a Europa como tema central, alertando que a prática autoritária europeia é incompatível com os projetos democráticos dos estados membros.

Presidente da República sublinha que redução do défice pode ser alcançada com governos e políticas diferentes

 O Presidente da República congratulou-se esta sexta-feira, em Coimbra, com o défice de 2,1% do PIB, considerando que é possível atingir o mesmo objetivo nacional com governos e políticas diferentes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Imperdíveis

Casa Ermelinda Freitas em Águas...

Nota Alta

"Eu ainda não senti a...