Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Inquérito/CGD: Impasse nos trabalhos da comissão mantém-se até 3.ª feira

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 fev (Lusa) - A reunião de mesa e coordenadores da comissão de inquérito à gestão da CGD de hoje foi inconclusiva, pelo que foi reagendado novo encontro para terça-feira, informou o presidente em exercício da comissão, Paulo Trigo Pereira (PS).

O deputado socialista, que assumiu a liderança desta comissão após o anterior presidente, José Matos Correia (PSD), ter renunciado hoje ao cargo, fez uma breve declaração aos jornalistas no final da reunião, que decorreu à porta fechada e demorou cerca de uma hora.

Segundo Trigo Pereira, o objetivo da reunião de hoje foi saber se havia informação sobre o novo presidente da comissão por parte dos partidos (PSD e CDS-PP) que, por terem imposto esta comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) de forma potestativa, têm o dever de nomear o seu presidente.

Como não houve uma nomeação, Trigo Pereira reagendou para a próxima terça-feira, às 15:00, nova discussão sobre este assunto.

"São os partidos proponentes que têm a responsabilidade de nomear o presidente da comissão. Pela minha parte, considero que as funções que assumi serão limitadas no tempo e não vão estender-se até ao final do prazo da comissão, a 26 de março", sublinhou.

DN // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Ryanair cancela 346 ligações de e para Portugal até final de outubro

A Ryanair vai cancelar 346 ligações (173 voos) de e para Portugal, desde a próxima quinta-feira até ao final de outubro, de acordo com a lista publicada na página da companhia aérea na Internet.

Venda de bebidas açucaradas caiu mais de 25% em apenas meio ano

Em apenas seis meses, a venda de bebidas mais açucaradas caiu mais de 25%. O Ministério da Saúde aplaude os resultados mas quer ir mais longe e vai por isso alargar a proibição destes produtos também a bares e cantinas dos hospitais.

Deco diz que os passageiros da Ryanair têm direito a indemnização até 400 euros por cancelamento

A associação Deco alerta os passageiros da Ryanair do direito a indemnizações até aos 400 euros por viagem cancelada, além do reembolso ou remarcação da viagem e refeições/alojamento, e apela à intervenção do regulador da aviação.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...