Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Mãe acusa pai de raptar os três filhos e fugir para a Suécia

| Norte
Porto Canal

Uma mulher acusa o pai dos três filhos de os raptar e fugir para a Suécia. O ex-casal tinha a guarda partilhada dos menores de 6, 7 e 10 anos e depois de uma visita em dezembro a mãe nunca mais os viu.

Luba Grakhova, que tem dupla nacionalidade, russa e portuguesa, foi a 14 de janeiro à Suécia à procura dos filhos, tendo-os encontrado na escola onde a diretora da instituição lhe garantiu que o pai assegurou que tinha guarda total das crianças, ainda que não tivesse nenhum papel para o comprovar.

O caso está entregue no tribunal de menores de Matosinhos, paralelamente há dois processos a correr na Suécia para a mãe recuperar os filhos.

O Porto Canal entrou em contacto com o pai das crianças que se disponibilizou para dar uma entrevista na próxima semana.

+ notícias: Norte

Cerca de 30 concelhos de Trás-os-Montes e região Centro em risco 'Máximo'

Cerca de 30 concelhos da região de Trás-os-Montes e do Centro do país, onde se concentram os maiores incêndios, e quatro concelhos do Algarve estão hoje em risco 'Máximo' de incêndio.

Trabalhadores e ex-trabalhadores acusam Centro Social da Paróquia da Polvoreira de perseguição e escravidão

Funcionários e ex-funcionários do Centro Social da Paróquia da Polvoreira, em Guimarães, acusam a instituição de escravidão, represálias, assédio moral e sucessivos atentados contra os direitos humanos. Dizem que a situação se arrasta há anos e que até já motivou saídas de trabalhadores e utentes, mas a direção do Centro rejeita as acusações.

SEF encerra bar de alterne em Vila Nova de Gaia

Uma moradia de Valadares, em Vila Nova de Gaia, que funcionava como bar de alterne e como residencial foi encerrada pelo serviço de estrangeiros e fronteiras. Na rusga do SEF, quatro pessoas foram detidas por suspeitas de lenocínio e auxílio à imigração ilegal.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS