Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Mãe acusa pai de raptar os três filhos e fugir para a Suécia

| Norte
Porto Canal

Uma mulher acusa o pai dos três filhos de os raptar e fugir para a Suécia. O ex-casal tinha a guarda partilhada dos menores de 6, 7 e 10 anos e depois de uma visita em dezembro a mãe nunca mais os viu.

Luba Grakhova, que tem dupla nacionalidade, russa e portuguesa, foi a 14 de janeiro à Suécia à procura dos filhos, tendo-os encontrado na escola onde a diretora da instituição lhe garantiu que o pai assegurou que tinha guarda total das crianças, ainda que não tivesse nenhum papel para o comprovar.

O caso está entregue no tribunal de menores de Matosinhos, paralelamente há dois processos a correr na Suécia para a mãe recuperar os filhos.

O Porto Canal entrou em contacto com o pai das crianças que se disponibilizou para dar uma entrevista na próxima semana.

+ notícias: Norte

Governo continua sem dar prazo para arranque das obras na ala pediátrica do Hospital de São João

O Governo continua sem dar um prazo concreto para o arranque das obras na ala pediátrica do Hospital de São João. Um mês e meio depois da divulgação das imagens que mostravam crianças a fazer quimioterapia nos corredores, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde não explica como será o futuro do 'Joãozinho' mas afirma que poderá passar pela transferência de valências para outras unidades de saúde do Porto.

Concelhos de Bragança e Castro Marim em risco elevado de incêndio

Os concelhos de Bragança, no distrito de Bragança, e Castro Marim, no distrito de Faro, estão este domingo em risco elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Pescadores da Afurada queixam-se de roubos e insegurança nos armazéns

Os pescadores da Afurada, em Vila Nova de Gaia, queixam-se do roubos e de insegurança. Os homens relatam roubo de materiais, fechaduras, máquinas e até de peixe e pedem por isso às autoridades que reforcem a vigilância da zona dos armazéns.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.