Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Câmara de Póvoa de Lanhoso contrata irmã do presidente - PS fala em "escândalo"

Câmara de Póvoa de Lanhoso contrata irmã do presidente - PS fala em "escândalo"
| Norte
Porto Canal

O PS de Póvoa de Lanhoso classificou hoje de "escândalo pegado" a celebração de um contrato de avença entre o Município e a irmã do presidente da Câmara, uma professora aposentada, para prestação de "assessoria" ao vereador da Cultura.

"É um escândalo pegado, com um grau de promiscuidade incrível e inaceitável", referiu aos jornalistas o vereador do PS Frederico Castro, no final da reunião do executivo.

A Câmara de Póvoa de Lanhoso vai celebrar um contrato de avença com a irmã do presidente, Manuel Batista (PSD), num valor que se situará entre os 600 e os 700 euros mensais.

O vereador da Cultura, Armando Fernandes, disse que foi ele mesmo quem escolheu a irmã do presidente para o "assessorar" naquele pelouro.

"Será uma mais-valia para o Município", afirmou.

Para os vereadores do PS, trata-se de uma "clara situação de benefício de uma familiar" do presidente, lembrando que se o pelouro da Cultura precisava de contratar alguém havia formas "mais claras, limpas e transparentes" de o fazer.

"Há um regulamento para estas situações, que foi aprovado no final do anterior mandato, mas a Câmara pura e simplesmente não o quis aplicar, antes decidiu fazer tábua rasa dele e contratar a irmã do presidente", referiu a vereadora socialista Fátima Moreira.

Uma crítica refutada pelo vereador da Cultura, que sublinhou que "os instrumentos são todos claros e transparentes, nomeadamente a contratação por avença".

Os socialistas sublinharam ainda que "nunca até aqui o pelouro da Cultura tinha precisado de assessores".

A contratada tem 58 anos, é professora aposentada e até ao final deste ano vai prestar serviços gratuitos no Município.

A avença começará a vigorar no início do próximo ano.

O presidente da Câmara, Manuel Batista, não marcou presença na reunião de hoje, devido a uma deslocação ao estrangeiro.

twitter facebook Google plus Whatsapp imprimir

+ notícias: Norte

Enfermeiros do Hospital de Barcelos em greve por quatro dias

No Hospital de Barcelos os enfermeiros estão a levar a cabo uma greve de quatro dias pela reposição das 35 horas de trabalho, por aumentos salariais e pagamento das horas extraordinárias. Reivindicações que se não forem cumpridas pelo Ministério da Saúde vai fazê-los voltar a greve até ao final do ano.

Vagas garantidas no ensino público para alunos de escola de Caminha

O Ministério da Educação garantiu, esta quarta-feira, que os alunos afetados pelo encerramento da Cooperativa Ancorensis em Caminha têm vagas garantidas na escolas públicas locais.

Homem detido por roubar mais de 2 mil euros em igreja em Arcos de Valdevez

GNR deteve, esta quarta-feira, um homem suspeito de roubar mais dois mil euros em esmolas, no Santuário da Nossa Senhora da Peneda, em Arcos de Valdevez.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS