Info

Bolsas europeias afundam após vitória de Trump nas presidenciais dos EUA

Bolsas europeias afundam após vitória de Trump nas presidenciais dos EUA
| Economia
Porto Canal

As bolsas europeias abriram hoje em forte queda, após ter sido conhecido que o candidato do Partido Republicano, Donald Trump, venceu as eleições presidenciais nos Estados Unidos, de acordo com os primeiros resultados provisórios.

Ao contrário do que previam as sondagens, Trump derrotou a adversária democrata, Hillary Clinton, e será o 45.º Presidente da história norte-americana, sucedendo a Barack Obama.

Entre as principais praças europeias, Madrid arrancou a perder quase 4%, Milão 3%, Frankfurt 2,9% e Paris a cair 2,86%.

As bolsas asiáticas terminaram a sessão em queda, numa altura em que tinham sido apenas conhecidos os primeiros resultados, com Tóquio a afundar mais do 5% e Hong Kong 1,95%.

Também em Lisboa, o PSI20 arrancou as negociações em queda de 3,10% para os 4.420,50 pontos.

A Comissão Europeia divulga hoje as previsões económicas de outono, numa altura em que o executivo comunitário está a avaliar as propostas orçamentais dos países e as "ações efetivas" de Portugal e Espanha.

+ notícias: Economia

Douro verifica "invasão positiva" de turistas nesta Páscoa

O Douro verifica uma “invasão positiva” de visitantes nesta época da Páscoa, maioritariamente nacionais, espanhóis ou brasileiros, registando uma taxa de ocupação hoteleira a rondar os 80%, segundo o Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Acabou-se a dor de cabeça. Greve dos motoristas de matérias perigosas termina

A greve dos motoristas de matérias perigosas terminou esta quinta-feira de manhã, depois de o sindicato e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) terem chegado a acordo, disse à Lusa fonte do Governo.

Atualizado 19-04-2019 12:15

Combustíveis: António Costa diz que Governo está a trabalhar para alargar serviços mínimos a todo o país

O primeiro-ministro, António Costa, disse esta quarta-feira que o Governo está a desenvolver contactos para o alargamento dos serviços mínimos a todo o país, para minorar os impactos da greve dos motoristas de matérias perigosas.

Atualizado 18-04-2019 11:20

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS