Info

Ministro da Educação: "É importante diminuir o número de alunos por turma"

Ministro da Educação: "É importante diminuir o número de alunos por turma"
| Política
Porto Canal (MYT)

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, revelou, esta sexta feira, a possibilidade de reduzir o número de alunos por turma “ao longos dos próximos anos”.

O Ministro da Educação considera que “é importante diminuir o número de alunos por turma” mas acrescenta que existem “constrangimentos” nesta alteração.

Para Tiago Brandão Rodrigues, “a redução do número de alunos por turma é uma questão que nos preocupa e estamos a estudar a forma de intervenção para fazer de forma faseada ao longo dos próximos anos”.

O início do novo ano letivo no país foi assinalado pelo Ministro e pelos seus dois secretários de Estado, na Escola Fernando Casimiro Pereira da Silva, em Rio Maior.

+ notícias: Política

Helicóptero de emergência médica do INEM vai continuar em Viseu

O INEM indicou hoje que um helicóptero de emergência médica vai continuar posicionado no Aeródromo Municipal de Viseu, depois de um entendimento entre a câmara da cidade e a empresa que cede as instalações para o aparelho.

Covid-19: Ministro da Administração Interna assegura que GNR tem disponibilidade para garantir desinfeção das ambulâncias

A GNR revelou esta segunda-feira que o encerramento das linhas de descontaminação de ambulâncias e fardamentos de emergência médica foi uma decisão do INEM. Entretanto, o Ministro da Administração Interna assegura que a GNR tem plena disponibilidade para continuar a desinfeção das ambulâncias.

Covid-19: António Costa e Silva diz que o Estado deve intervir na capitalização das empresas

O gestor escolhido pelo Primeiro-Ministro para ajudar a delinear o plano de recuperação económica do país insiste na necessidade de apoios públicos para o combate à crise. Em entrevista à TSF António Costa e Silva diz que o Estado deve intervir na capitalização das empresas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.