"Somos dos países mais deficitários em termos ferroviários da União Europeia"

| Porto Canal

Nuno Lopes, da Associação Comboios XXI, explica que em termos de calendarização e atrasos das obras nas ferrovias "tudo o que os governantes possam dizer neste momento é um pouco indiferente". Acrescenta ainda que existe uma desvalorização da ferrovia e "não houve uma evolução da parte dos serviços" e que "somos dois países mais deficitários em termos ferroviários da União Europeia".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.