"Vivemos num país que não tem estratégia para a ferrovia"

| Porto Canal

Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Famalicão, afirma que o seu concelho é um dos que "podia ser melhor servido pela ferrovia" e que "vivemos num país que não tem estratégia para a ferrovia". Refere ainda que "há muito a fazer na ferrovia" mas que esta questão está "completamente fora da alçada dos municípios".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.